Prólogo – A Lâmina de Ferro (Parte 3 – Final)


O herói acordou assustado, suando. A noite estava quente, muito quente. Impensável naquela época do ano.

O ar estava pesado. Seu coração batia rápido e forte. O corpo dizia para fugir. A mente, que não faria diferença.

E então ele ouviu a risada de uma hiena. Louca, faminta, doentia. Mas… tal animal não habitava naquelas terras.

Continuar lendo

Anúncios