Capítulo 2 – Salvação e Danação (Parte 2)


Seire não sabia o que pensar. A salvação dela poderia ser a ruína para sua benfeitora. Aqueles soldados certamente veriam a cena e achariam que ela foi atacada: havia um rastro de sangue na estrada e uma poça enorme onde ela desmaiou. “Preciso de um banho e roupas novas…” Já se sentia muito melhor. Sente também que suas feridas estão fechando, sem auxílio de magia. Era uma sensação estranha…

Observa um pouco ao redor. Raffleia, sua salvadora parece dormir. A magia de purificação que usou deve consumir muito do clérigo. O centauro estava nitidamente nervoso. Caminhava para um lado e o outro, como um cavalo selvagem aprisionado. Ela percebe que seu corpo era coberto por muitas cicatrizes.

Continuar lendo

Anúncios

Capítulo 2 – Salvação e Danação (Parte 1)


Seire acorda subitamente. Não tinha lembranças de ter desmaiado. Pelo menos ainda não estava morta: sente as dores dos ferimentos cortando como navalhas. Lembra vagamente de ter tentado curá-las, sem sucesso.

Ela pisca. Acha estar sonhando. Via um rosto reptiliano a observando com… apreensão? Sabia da existência de diversas raças pelo mundo. Muitos visitavam o monastério de Néphise. Mas não lembra de ter ouvido falar em répteis…

Continuar lendo

Capítulo 1 – Últimas Palavras: Martha Metzgar


Desde o começo da viagem Martha prefere ficar calada, observando. Ela tinha se apegado muito facilmente àquelas criaturas que poucos dias antes havia incendiado sua vila.

Ela sentia os olhares de estranheza. Ficaria quieta. Tentar convencê-los de qualquer coisa só pioraria tudo. O fato é que ela via os sáurios apenas como “gente de outro lugar”. Modos, costumes e idioma podiam diferir, mas todos tinham as mesmas necessidades, os mesmos pensamentos e emoções.

Continuar lendo

Capítulo 1 – Últimas Palavras: Henkel Trammfarr


Henkel olha para trás e sorri: “Dever cumprido”. O braço do escudo pende lado ao seu corpo, inerte. Teria de segurar aquelas abominações apenas com sua lança.

Talvez Shaha conseguisse usar alguma de suas artes curativas a tempo, já que as defesas e fortificações de Lara pareciam não funcionar…

Continuar lendo

Capítulo 1 – A Caminho do Paraíso (Parte 4 – Final)


Meltse não conseguia entender o que aconteceu. Estava em estado de choque, sem querer acreditar em tudo o que tinha presenciado… Tudo parecera tão tranquilo… Até a chegada daquele fatídico momento…

Desde o momento em que tinham saído da caverna só pensava em fugir. Ficou quieto o tempo todo, a espera de uma oportunidade surgir. Pensou até mesmo em testar a resistência da gaiola quando não tivesse ninguém olhando, coisa que não aconteceu.

Continuar lendo